Durante a Copa das Confederações de 2013, emissoras de TV utilizaram caminhos alternativos para estimular o uso da interatividade nas transmissões. De maneira diferente da observada no projeto da TV Digital aberta brasileira, acabam por valorizar caminhos já utilizados pela audiência, bem como ressaltam as características de ambos os meios – TV e dispositivos portáteis – de forma que um completa o outro em uma experiência que valoriza o papel da TV.

Rodrigo Valente e o prof. Dr. André Pase observaram como isso foi utilizado pela Bandeirantes com o aplicativo Segunda Tela da Band e escreveram o artigo Futebol entre duas telas: uma análise da segunda tela durante a Copa das Confederações, publicado na 18a edição da revista online “Sessões do Imaginário”.

Leia o artigo completo em http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/famecos/article/viewFile/16921/11075